Bastidores

Araporã

Vereador Valdivino Lima, o Divino Eletricista, de Araporã, disse, em reunião recente com lideranças oposicionistas locais, que já foi ameçado por causa das denúncias que fez contra a Administração Municipal.

Bom Jesus

Tiveram início as reuniões ordinárias da Câmara Municipal de Bom Jesus, que é presidida pelo vereador Márcio Marelo.

Apresentando novas ideias
A dupla César Pereira Alves, o Cesinha do Banco do Brasil, e Lucimar Oliveira, ambos filiados ao PDT de Itumbiara, tem projeto para disputar a prefeitura de Itumbiara. Ambos falam em novos projetos, novas ideias para a cidade.
Deputado Álvaro

O deputado Álvaro Guimarães (PR) está com “ares” de quem está com algum projeto para conduzir. As boas e más linguas dizem que “tal” projeto seria disputar a Prefeitura de Itumbiara na próxima eleição.

Rotil Fernandes

Aniversariou, dia14, o empresário Rotil Fernandes de Oliveira (Torneadora Rotil ). A data foi comemorada na presença da família e de amigos.
Cachoeira Dourada
Empresário Luciano Marques, o Luciano da Lotérica, preside o DEM de Cachoeira Dourada e é um dos prováveis candidatos a prefeito na próxima eleição.
Cachoeira Dourada
Prefeito Joselir Soares, apesar de ter reclamado muito das dificuldades em ser prefeito, dizendo até que não iria disputar a reeleição, ‘É muito difícil ser prefeito”, disse em público com diversas testemunhas. Apesar disso, ele demonstra uma grande vontade em continuar no cargo.
Efraim com Zé
O pastor Efraim Soares está sempre por perto do ex-prefeito Zé Gomes nos eventos. Nessas ocasiões, Efraim é convidado para ficar ao lado do Zé.
Os nomes
Zé Gomes, Chico Balla, Gugu e Marcelo Gomes são os nomes que formam o grupo ligados à administração municipal, que podem ser candidatos a prefeito de Itumbiara.
Modesto de Carvalho

O prefeito Chico Balla diz que vai continuar insistindo junto ao governo estadual, para que libere verba para recuperação da Avenida Modesto de Carvalho, já que esta via é de responsabilidade do governo estadual.

João da Tribuna

O diretor do jornal Tribuna, João Batista Ferreira, aniversariou dia 15. Parabéns! Falta o churrasco, galinhada…
Toca, ou não toca, canta ou...
Na posse dos vereadores na Câmara Municipal, ficou mais evidente “aqueeeele clima esquisito”, como falou-se naquele momento, entre os vereadores Ednaldo Dalminho, presidente da Casa, e o ex-presidente Divino Bengala. O ex-presidente queria que fosse executado o Hino Nacional antes do juramento dos novos edis, mas foi informado de que o sistema de som não tinha a música. Num jeito bem provocativo, Dalminho sugeriu então, que Bengala “puxasse” a música para que todos cantassem. O Bengala olhou para o Dalminho com cara de quem não gostou e ficou mudo e o povo mudo também ficou. Conclusão: mais uma solenidade sem o Hino Nacional e mais uma solenidade em que o povo não cantou o nosso hino.

Deixe um Comentário